A ACIF-CCIM é a entidade que, na Região Autónoma da Madeira, representa os grandes setores do Comércio, Serviços, Indústria e Turismo, na sua vertente privada, tendo assento na Direção os Presidentes dos Setores.

Cada um dos Setores está subdividido e organizado por ramos de atividade – as Secções, à frente das quais estão as “Mesas de Secção”, eleitas, tal como a Direção da ACIF-CCIM, mas com mandato específico de conduzir e velar pelos interesses do respetivo ramo de atividade:

 

Setor do Comércio

É constituído por cerca de 44% das empresas associadas.
Engloba ramos de atividade bastante diversos: desde o comércio de produtos alimentares e farmacêuticos a produtos na área das novas tecnologias, passando pelos produtos tradicionais.

Setor dos Serviços

Abrange cerca de 29% das empresas associadas.
Inclui as empresas de diversas áreas de serviços, tais como consultoria, formação e saúde.

Setor da Indústria

É constituído por cerca de 11% das empresas associadas.
Abrange toda a indústria regional, independentemente do ramo, comportando simultaneamente as indústrias tradicionais e as indústrias mais modernas.

Setor do Turismo

É composto por cerca de 16% das empresas associadas.
Abrange cinco áreas fundamentais no desenvolvimento do turismo regional: agências de viagens, rent-a-car, hotelaria, similares de hotelaria e animação turística.


Intervenção


A ACIF-CCIM procura contribuir para o desenvolvimento da RAM e das suas atividades económicas, salvaguardando os interesses da Região e das empresas madeirenses.

Tem, no essencial, três tipos de intervenção:
- enquanto parceiro social, compete-lhe defender os interesses dos empregadores madeirenses em geral, quer através da sua participação na contratação coletiva, como também em todos os outros assuntos relacionados com o mundo do trabalho nas empresas que envolvam os parceiros sociais e/ou os poderes públicos;
- enquanto parceiro económico, tem a sua ação norteada pela consagração de uma livre e sã concorrência entre as empresas, pela defesa e promoção dos interesses dos agentes económicos sediados no arquipélago, e pelo estudo e acompanhamento das diversas questões que dizem respeito às atividades que representa;
- finalmente, como Câmara de Comércio e Indústria, compete-lhe apoiar as empresas nas suas relações com o exterior, procurando pela sua ação promover e estimular os contactos entre as empresas madeirenses e os parceiros de todo o mundo.
 

Objetivos


  • Promover a atividade dos seus associados no exercício do seu negócio.

  • Ser o elo de ligação entre os associados e os organismos públicos e privados em matérias relevantes.

  • Intervir em estudos e discussões relevantes para o exercício da atividade económica dos seus associados.

  • Promover a solidariedade e o intercâmbio entre os meios empresariais.

  • Contribuir para o progresso das atividades representadas mediante a difusão das mais modernas técnicas de gestão, produção e distribuição.

  • Representar os associados nas discussões sobre a regulamentação coletiva de trabalho e nos diferendos laborais.

  • Assegurar a representação conjunta dos seus associados junto das organizações empresariais e/ou patronais nacionais e internacionais, bem como junto da opinião pública e das associações de trabalhadores.

  • Através da sua dinâmica, promover o progresso económico e social do arquipélago da Madeira.