Dia do Empresário Madeirense

A Evolução dos Modelos de Negócio

19 de maio de 2017
 
Rui Manuel Teixeira, Administrador Executivo do Millennium BCP, é membro da Comissão Executiva do Millennium bcp com a responsabilidade pelas áreas de Retalho, Private Banking, Marketing e Banca Direta. É ainda Presidente do Conselho de Administração do ActivoBank e do Millennium Banque Privée na Suiça.

No Grupo Millennium bcp desde 1987 iniciou a sua carreira nas áreas de Marketing, Telemarketing e Call Centers, passando pela Qualidade, NovaRede e Crédito Imobiliário: foi ainda responsável pela IT Global Division do Grupo e Diretor de Marketing do Banco antes de ingressar no Conselho de Administração Executivo do Banco em 2011.

Entre 2003 e 2006 e, mais tarde, entre 2009 e 2010 foi Administrador Executivo do Bank Millennium na Polónia, primeiro com responsabilidades pelas áreas de Retalho e, depois, como Vice-Presidente do Banco.

Casado, com 2 filhos, tem 56 anos e é formado em Engenharia Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

 

__________________________________________________________________________________


José Manuel Bernardo, Presidente da PwC desde 1 de julho de 2015. Está na empresa desde 1989, onde vinha a desempenhar o papel de partner responsável pela área de serviços financeiros e membro da comissão executiva. É licenciado em Organização e Gestão de Empresa no Instituto Superior de Gestão.
A PwC é a maior auditora em Portugal, tem cerca de 1200 colaboradores, dos quais, mais de 500,estão afetos à área de auditoria. Esta empresa manteve a sua posição como a marca de serviços profissionais mais forte e uma das dez marcas mais poderosas do mundo, segundo o Brand Finance Index 2017.

O Brand Finance Index é uma avaliação anual acerca do valor da marca, um estudo conduzido a mais de 500 das empresas mais conhecidas do mundo. A PwC alcançou a maior pontuação (AAA +) pelo sétimo ano consecutivo, tendo a marca sido avaliada como “excecionalmente forte e bem gerida”.

_____________________________________________________________

Rui Miguel Nabeiro, Administrador do Grupo Delta Cafés, é um dos responsáveis pela marca Delta Q, um projeto que idealizou e acompanhou desde o início. Neto do Comendador Rui Nabeiro, fundador do Grupo Nabeiro Delta Cafés, Rui Miguel Nabeiro iniciou a sua carreira profissional em 2003, ano em que termina a licenciatura em Gestão administrada pela Universidade Católica Portuguesa e decide estagiar na Coprocafé – Ibéria, na área de Trading e Controlo de Qualidade, com uma incursão ao Vietname, passando posteriormente por um estágio na Brasília, em Itália, e na Volcafé em Winterthur, Suíça.
De regresso a Portugal, Rui Miguel Nabeiro integra a Direção de Marketing do grupo Nabeiro Delta Cafés, em Campo Maior e a liderança do departamento em Lisboa da referida empresa.

Membro da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC) desde 2009, parte integrante da Direção desde 2010 e com um percurso profissional, desde cedo, ligado à indústria cafeeira, Rui Miguel Nabeiro, em representação da Delta Cafés, foi ainda nomeado para Presidente da AICC para o triénio 2013-2015.

Em 2011, Rui Miguel Nabeiro recebeu o prémio Personalidade do Ano, pela revista HiperSuper e em 2012 foi reconhecido com o Master de Figura do Ano na Produção, pela Distribuição Hoje e nomeado internacionalmente na categoria de The RSM International Entrepreneur of the year Award2 nos European Business Awards 2010.

_____________________________________________________________

Compositor, músico e empresário Pedro Machado Abrunhosa, mais conhecido por Pedro Abrunhosa, é um cantor, compositor e empresário português.

Aos 16 anos estudava Análise, Composição e História da Música com Álvaro Salazar e Jorge Peixinho, na Escola de Música do Porto. Depois, no Conservatório, estudou Composição com Cândido Lima, enquanto era convidado para integrar o Grupo de Música Contemporânea de Madrid, do compositor Enrique X. Macias, com quem participou em espetáculos em Espanha e Portugal. Entrou na música pela via erudita. E quando chegou ao jazz era um erudito a tocar jazz. Em 1984 foi para Madrid, aprender com o contrabaixista Todd Coolman e os músicos Joe Hunt, Wallace Rooney, Gerry Nyewood e Steve Brown. E depois com Adriano Aguiar e Alejandro Erlich Oliva, seus mestres de contrabaixo. Foram os anos do jazz. Participou em seminários internacionais, formou bandas, tocou em orquestras, realizou tournées. Colaborou com grandes figuras como Paul Motion, Bill Frisell, Joe Lovano, David Liebman, Billy Hart. Ensinou contrabaixo na escola do Hot Club de Lisboa, realizou e produziu o programa “Até Jazz”, no Rádio Clube do Porto. Fundou a Escola de Jazz do Porto e a “Cool Jazz Orchestra”, que viria a transformar-se em “Pedro Abrunhosa e a Máquina do Som”, que executava temas originais. A viagem seguinte apresentou os Bandemónio. E o álbum a que chamou “Viagens”, editado em 1994. Um disco de rock cheio de jazz e de vida. Pedro Abrunhosa sempre viajou. Pelos vários continentes da música, tal como pelo mundo, com uma Renault 4L em segunda mão ou à boleia, com uma mochila às costas. Ao contrário de muitos outros, o seu percurso musical foi do mais complexo ao mais simples, rumo à depuração da linguagem, com destino à essência das coisas. Quando chegou ao rock trazia a mochila cheia de História e de rigor. “Viagens” atingiu a tripla Platina, com mais de 140 mil exemplares vendidos. Tem vindo a apresentar vários trabalhos de sucesso reconhecidos pelo público português e um pouco por todo o mundo, esgotando as salas de espetáculo onde atua e deixando um rasto de mais de 100 concertos, todos eles únicos, todos eles inesquecíveis.
Na área empresarial conta com o Boom, um estúdio de eleição para qualquer tipo de gravação, situado na área do grande Porto, e com a Pedro Abrunhosa - Produções Musicais.

___________________________________________________________

Bernardo Luís Amador Trindade

Bernardo Trindade, Presidente da Portugal In, é administrador do Grupo Hoteleiro Porto Bay, desde novembro de 2011, um grupo com doze hotéis presente em diferentes países é administrador da empresa Sweets & Sugar desde 2013, e, recentemente, foi indigitado Presidente da estrutura de missão Portugal In.

Começou a sua carreira no Banco Espírito Santo, foi eleito deputado na Assembleia Regional pelo partido Socialista, em 2001, tendo sido eleito líder parlamentar em 2003.

Integra o XVII Governo Constitucional como secretário de Estado do Turismo, integrando posteriormente o XVIII Governo Constitucional até junho de 2011.